Casal se muda 18 vezes em 3 anos por causa da fobia de baratas da mulher - e ele não aguenta mais

Matérias Oficiais(+10% Clicks) Yasmim 28/06/2021 Relatar Quero comentar

O medo de baratas não se chama baratofobia, o que deixaria as coisas mais fáceis, mas catsaridafobia. 

Existe certo consenso de que toda mulher nasce com isso, embora hajam raras exceções. 

E também existem exceções para o outro lado do espectro, ou seja, um mega-medo absurdo que destrói a vida de todos.

Segundo o marido, ele só ficou sabendo da fobia da mulher após o casamento deles, em 2017. E ele descobriu na prática. 

Um dia ela começou a gritar que nem louca na cozinha, e saiu correndo, assustado a todos os presentes. 

Quando o homem foi verificar, se tratava de uma barata, que ele matou. Mas aí o problema: ela se recusava a entrar no cômodo, pra sempre.

E então o tempo foi passando, e mais baratas apareceram em outros cômodos. Em certo momento era impossível viver com ela na casa, pois ela não podia ir em 80% da casa, por exemplo. 

A primeira mudança ocorreu em 2018. Não muito tempo depois, pelo mesmo motivo, tiveram que se mudar novamente. E novamente. E novamente.

Até o momento, o casal se mudou 18 vezes em 3 anos, e quem já carregou e descarregou caminhão pra depois ter que arrumar a casa inteira e isso depois de ter arrumado a mudança inteira sabe que é muito, mas muito chato fazer uma mudança de residência.

Ele já levou a esposa pra diversos especialistas, inclusive ao famoso Instituto de Ciência Médica All India (AIIMS), mas ela se recusa a seguir os tratamentos recomendados. 

O homem diz que não aguenta mais, e pensa em fugir. Do outro lado, a mulher reclama do homem não "entender o seu problema", e quer fazer ela ser declarada "doente mental". 

Comentário do usuário
Você pode gostar