Polícia fecha fábrica de colchões que estava usando máscaras descartadas como 'recheio'

Matérias Oficiais(+10% Clicks) Yasmim 30/06/2021 Relatar Quero comentar

Alguém denunciou anonimamente que uma fábrica estava comprando várias máscaras recolhidas do asfalto, calçadas e bueiros pra encher seus colchões, já que isso estava saindo mais barato do que a espuma. 

Provavelmente eles pagavam um valor ridículo pra moradores de rua passarem o dia recolhendo elas.

Após a denúncia, a polícia de Maharashtra, na Índia, fez uma batida na fábrica, e encontrou diversas máscaras sujas, e muitas outras enfiadas em colchões. 

O caso preocupou muita gente que comprou algum colchão recentemente.

O dono da empresa, Amjad Ahmed M., será investigado, bem como o suposto envolvimento de outros funcionários no esquema. 

"Quando os policiais visitaram a fábrica que fica na vila de Kusamba, acharam os colchões sendo enchidos com máscaras descartadas", disse o superintendente da polícia Chandrakant Gawali.

Comentário do usuário
Você pode gostar