Aprenda como acabar com o chulé dos pés, meias e calçados

Matérias Oficiais(+10% Clicks) Yasmim 23/03/2021 Relatar Quero comentar

Você chega em casa, tira o calçado e logo sente aquele mau cheiro que toma conta do ambiente?

Pois bem, nossos pés transpiram e dão morada a bactérias, que se alimentam do suor e da pele morta.

Como consequência, liberam gases como o metanotiol e o ácido isovalérico, que causam o popular chulé, chamado na medicina de bromidrose plantar.

O suor é produzido por duas glândulas sudoríparas, as écrinas e as apócrinas.

Glândulas écrinas

São as mais comuns e estão em toda a superfície da pele, porém concentram-se mais nas palmas das mãos e plantas dos pés.

Elas produzem um suor composto por 99% de água e 1% de sais minerais, como ureia e cloreto de sódio.

A principal função dessas glândulas é manter a temperatura do corpo controlada, mantendo-a entre 36ºC e 37ºC.

Glândulas apócrinas

Estas glândulas já ficam localizadas nas axilas, virilhas, ao redor dos mamilos e ânus.

Elas produzem um suor diferente, com textura oleosa, não evapora e não tem função termorreguladora.

As duas glândulas produzem suor sem odor, porém, com a ação de bactérias, a região afetada passa a ter mau cheiro.

Fatores que favorecem o chulé

Ficar a maior parte do dia com os pés cobertos por meias e calçados

Uso frequente de sapatos de plástico, pois elevam a produção de suor e não deixam os pés ventilar

Meias sintéticas, pois não absorvem o suor 

Usar meias ou calçados por vários dias seguidos sem lavar

A má higiene dos pés

Alimentos como alho, cebola, pimenta e álcool

Alguns medicamentos, como a penicilina

Doenças de pele e de unha 

Portanto, além de manter a higiene dos pés em dia, é fundamental lavar bem as meias e os calçados.

Confira a seguir três passos simples para acabar com o chulé de forma fácil e econômica.

Como eliminar o chulé

Para se livrar do mau cheiro nos pés, listamos algumas dicas preciosas, começando pelos pés, passando pelos calçados e meias.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar