Diretora de escola do ensino fundamental proíbe palavras sexistas como "meninos" e "meninas"

Matérias Oficiais(+10% Clicks) Yasmim 28/06/2021 Relatar Quero comentar

Uma diretora de uma escola de ensino fundamental causou a fúria de pais e mães ao proibir diversas palavras consideradas por ela como "sexistas".

Por conta da polêmica, Sarah Hewitt Clarkson foi chamada pra uma entrevista no programa Good Morning Britain, onde explicou sua decisão, dizendo que "bom dia a todos" deve ser usado ao invés de "bom dia, meninos e meninas", pra que não seja criada uma "divisão de gêneros" e pra que também sejam incluídas as crianças que não se identificam em nenhum dos sexos, como as que se identificam como golfinhos.

"Quando usamos as palavras 'garotos' e 'garotas', se pensarmos um pouco se torna um tanto estranho dividir uma sala inteira. 'bom dia todo mundo' é muito mais inclusivo", disse ela. 

Outra coisa polêmica foi a implementação de "policiamento comunitário" entre as crianças da 1ª a 4ª série. 

Elas receberam cartazes que devem ser erguidos sempre que alguém usar "termos sexistas". 

A cada semana, as duas crianças fizerem a "melhor denúncia" serão premiadas. Há dois anos atrás a mesma escola se envolveu em polêmica após incluir matérias com teor adulto às crianças, o que causou revolta por parte de muitos pais, e até uma manifestação.

Comentário do usuário
Você pode gostar