Há 35 anos, essa mãe luta para reencontrar as 5 filhas entregues para a adoção pelo marido sem sua autorização; agora só falta a caçula para o reencontro emocionante

Matérias Oficiais(+10% Clicks) Yasmim 16/07/2021 Relatar Quero comentar

Há 35 anos, essa mãe luta para reencontrar as 5 filhas entregues para a adoção pelo marido sem sua autorização; agora só falta a caçula para o reencontro emocionante

Quando Marlene dos Santos se separou de Manoel Pereira Gomes, há 35 anos, ela não imaginava que estava dando início a uma das experiências mais dolorosas de sua vida. 

As cinco filhas do casal ficaram sob tutela do pai, que impedia Marlene de vê-las.

Manoel, que era alcoólatra, acabou entregando cada uma das filhas para um casal diferente e morreu pouco tempo depois. 

Quando Marlene soube, já era tarde e restava apenas perseguir os rastros das meninas para tentar realizar o sonho de reencontrá-las.

Na época em que se separaram, Marlene não tinha condições de ficar com as meninas porque trabalhava de doméstica em casa de família.

Ela não imaginava que o ex-marido entregaria as meninas para outras famílias.

Aos 65 anos, Marlene finalmente encontrou a quarta filha, Michele, mas ainda luta para encontrar a caçula Queli. 

Michele conta que ouviu dos pais adotivos que havia sido abandonada pela mãe biológica e, por muito tempo, teve raiva de Marlene.

Ela conta que descobriu a verdade em 2015, quando leu uma matéria contando sobre a busca de Marlene. Naquele ano, ela ainda buscava Michele e a caçula. 

Agora, 35 anos depois, ela tem o coração tranquilo por ter reunido 4 das 5 filhas.

Ainda assim, a busca dessa mãe não terminou e ela acredita que será capaz de encontrar Queli. 

Com a pandemia, ela conversa com as 4 filhas encontradas através de videochamadas. 

Comentário do usuário
Você pode gostar